You are currently viewing A Questão Fundamental da Filosofia e as Enganações Científico-Filosóficas da Mente Humana

A Questão Fundamental da Filosofia e as Enganações Científico-Filosóficas da Mente Humana

É na questão fundamental da filosofia que encontramos o antagonismo primordial entre as duas principais visões de mundo, chamadas de Materialismo e Idealismo. À princípio, ouso afirmar que essa dicotomia existe apenas como enganações da mente humana embasada nos dogmas da física clássica. Escrevi o livro “O Mistério”,  com o objetivo de evidenciar e resolver de vez todas as dissonância cognitivas entre a física clássica e a nova física, uma vez que a BIG TOE (Grande Teoria de Tudo) dos renomados cientistas tem sido um verdadeiro fracasso até agora.

Da importância da visão de Mundo

De antemão, evidencio que é de suma importância esse assunto tratado neste post sobre as enganações da mente humana. Embora não pareça, é daí que surge a visão de mundo de todos nós. E visão de mundo é coisa muito séria! É ela que nos faz agir como gente, determinar o destino das pessoas, para o bem ou para o mal. É na visão de mundo que os meios de comunicação procuram inocular seus venenos. Dominar você através do ódio a pessoas, raças, agremiações de futebol, religiões, partidos político, e tudo o mais. Quando uma pessoa odeia, ela vira um imbecil belicoso, um medroso, um burro cheio de preconceitos, um desumano incapaz de raciocinar, de escolher corretamente, e até de enxergar o mal que a sua escolha  pode causar ao mundo, a você mesmo, e às pessoas. 

Os Principais Agentes Formadores da Visão de Mundo

Os principais agentes formadores da visão de mundo são a Religião, a Ciência e a Filosofia. Daí serem eles o nascedouro, a vertente principal de onde brotam as enganações da mente humana. Sendo que, a bem da verdade, o agente principal por trás dos mecanismos de entendimento do mundo e das coisas existentes nele é a própria mente humana. Para mim não existe explicação religiosa, nem explicação científica. Toda explicação é metafísica, mental, e toda compreensão do explicado também é mental. A mente é, portanto, a razão de ser de toda explicação, e também, da compreensão do explicado.  Ela  é o começo, o meio e o fim de toda explicação.

A Visão de Mundo Como um Substrato de Crenças, Preconceitos, Dogmas e Enganações do Indivíduo.

À primeira vista, pode  até parecer uma excentricidade dizer que não existe explicação religiosa ou científica. Sutilmente a física quântica, em sua profundeza, dissolve o entendimento materialista de que as explicações são extratos do mundo material. Ou seja, matéria explicando a si mesma. Quando um cientista faz suas pesquisas, ele as faz baseado no que já acredita previamente. 

Entretanto, por mais inteligente que a pessoa seja, está sujeita ao enredamento de suas próprias crenças. Daí, para sair dizendo besteiras, apoiando governantes perversos, defendendo nazi-fascismos, terra planismos e outras imbecilidades, não falta nada. 

Além disso, a mente odeia dissonâncias cognitivas. Ela faz tudo para comprovar que, aquilo em que você acredita é a pura verdade, e faz você agir irrefletidamente como um imbecil. Isto fez Nelson Rodrigues  dizer que “Os imbecis um dia iriam tomar conta do mundo, não por qualidade, mas por quantidade: eles são muitos – acrescentou ele”. É preciso desenhar, para se entender o que Nelson Rodrigues quis dizer? 

Digressões à parte, as tentativas dos renomados cientistas em resolver os paradigmas da física quântica em relação à física clássica, tem como viga mestra o Princípio Fundamental da Filosofia, o qual diz que  “A matéria (o ser, a natureza) é eterna, infinita, primeira e o espírito (o pensamento, a consciência) deriva dela”. 

À primeira vista, uma grande verdade da física clássica: a matéria como fator de explicação de tudo. O Espírito (o pensamento a consciência), um epifenômeno sem poder causativo sobre a matéria.   Porém! sempre tem um porém… Quando a ciência descobriu que o átomo não é partícula fundamental, e que, após subdividido em diversas partículas, as mesmas são influenciadas pela mente do observador. Isso mudou tudo! 

É a mente quem tem a supremacia sobre a matéria, e não o contrário. Explicar a consciência a partir do cérebro é pura bobagem. Mas como resolver a questão? Se a ciência trabalha com a matéria, pesando, medindo, contando, como encarar a transcendentalidade? Como encontrar a essência primeva capaz de virar qualquer coisa? Pensamento virar matéria, matéria virar pensamento, sentimento, espírito etc? Em o “Mistério” eu procuro explicar tudo isso. Dissolver o chamado hiato explicativo entre matéria e espírito.

Para se entender melhor essa questão do hiato explicativo, vamos dar uma olhada num trecho do famoso livro “Princípios Fundamentais de Filosofia”, de George Politzer: 

“Se é verdade, finalmente, que há dois princípios, e somente dois, para explicar o mundo, qual desses dois princípios explica o outro?
Qual o mais fundamental? Qual o primeiro? Qual o derivado? Qual o eterno e infinito e, consequentemente, produtor do outro? Esta é a questão fundamental da filosofia.

Tal questão não comporta, de qualquer forma que seja examinada, senão duas respostas possíveis.
Ou a matéria (o ser, a natureza) é eterna, infinita, primeira e o espírito (o pensamento, a consciência) deriva dela; ou então, o espírito (o pensamento, a consciência) é eterno, infinito, primeiro e a matéria (o ser, a natureza) dele deriva.”


Ouso dizer que em decorrência dessa clássica enganação, a ciência tem contaminado, até hoje, todas as disciplinas ensinadas nas universidades de todo o mundo. E isso é uma coisa tão sutil, que mesmo as inteligências mais brilhantes tornaram-se incapazes de ver que “A questão fundamental da filosofia” exposta como escolha inevitável a partir de um terceiro excluído é inteiramente falsa, não tem nada a ver com as manifestações subatômicas, que demonstram não haver separabilidade entre espírito e matéria, onde tudo aponta para uma única essência intercambiável com poder de virar qualquer coisa, matéria virar pensamento, sentimento (espírito), e espírito virar matéria. 

Resta saber qual o ser fundamental que promove a interconversibilidade de tudo o que existe. 

Como Transcender o Dualismo Conceitual Mente x Matéria?

A Mente é quântica. Ela é o começo, o meio e o fim de tudo o que existe no Universo. “Ela é o começo, o meio e o fim de toda explicação. Toda explicação é mental e toda compreensão do explicado também é mental – repito”. Não é a mente que surgiu da evolução da matéria, como querem os ateus materialistas; ela (a mente) está implicada na matéria, determinando os modos de existir da matéria a partir das manifestações subatômicas.

A Partícula de Deus É o Elétron 

Nada disso existiria sem a devida essencialidade desse elemento mágico, imprescindível, intangível, transcendente e misterioso, chamado elétron. São os elétrons os verdadeiros responsáveis por tudo o que existe no universo. São eles os criadores de formas físicas ou virtuais que se nos apresentam como realidades perante os nossos sentidos, os quais são também decorrentes dos pulsos elétricos e das atividades eletromagnéticas em nossa engrenagem material chamada de cérebro. 

Muito há que se falar do mistério representado pelo elétron, mas isso em outras postagens, para não me tornar enfadonho.

Um abraço a todos.

Manoel Belo

 

 

Este post tem 112 comentários

  1. Manoel Belo

    Muito obrigado, Cecile, pelo incentivo. Apareça sempre e compartilhe para nos ajudar.

  2. Cecile

    I like it when individuals come together and share views.
    Great site, continue the good work!

  3. Manoel Belo

    Pode ser aqui mesmo, ou pelo email em “contato” lá embaixo no box, ou como você quiser e sugerir.

  4. Manoel Belo

    Olá, Leonida, muito obrigado pelo incentivo, e para mim é um grande prazer, ter você compartilhando nossos escritos. Um abraço, Belo.

  5. Manoel Belo

    Olá, Maxie, fico muito agradecido por pegar dados aqui no site e, mais ainda, se você divulgar junto aos seus colegas de faculdade. Abraços, Belo.

  6. Manoel Belo

    Olá, Claude, eu fico muito agradecido por você divulgar meus conteúdos. Volte sempre.

  7. Claude

    Hello there, You have done an excellent job. I will definitely digg it and personally suggest to my friends.
    I’m sure they’ll be benefited from this website.

  8. Maxie

    Fine way of telling, and nice post to take data regarding my presentation focus, which
    i am going to deliver in college.

  9. Leonida

    Very good article! We will be linking to this particularly great content on our website.
    Keep up the good writing.

  10. Claude

    Thank you for the auspicious writeup. It if truth be
    told was a leisure account it. Glance complex to more brought agreeable from you!
    However, how can we keep in touch?

  11. Manoel Belo

    Ólá, Brenna, muito obrigado pelo incentivo. Eu sou Manoel Belo, sou escritor e psicólogo clínico e, também, graduado em Filosofia Pura com foco em pesquisas sobre a mente quântica (Mente Cósmica). Não sou famoso, embora tenha recebido feedback valiosos, como esse seu, que tem me estimulado a postar minhas ideias aqui, no Site. É só aguardar o resultado futuro e solicitar a colaboração de quem gosta, para compartilhar com outros que também gostam, como você. Muitas felicidades também para você.

  12. Brenna

    I don’t even know how I ended up here, but I thought this
    post was great. I don’t know who you are but definitely you
    are going to a famous blogger if you are not already 😉
    Cheers!

    My web blog delta 8 THC (Brenna)

Deixe um comentário