You are currently viewing Materialismo Científico-Filosófico e Enganações Acadêmicas

Materialismo Científico-Filosófico e Enganações Acadêmicas

DE COMO OS ENSINAMENTOS ACADÊMICOS MANTÊM UMA NARRATIVA EQUIVOCADA SOBRE MENTE E MATÉRIA, MESMO A FÍSICA QUÂNTICA DIZENDO QUE NÃO EXISTE SEPARABILIDADE DE NADA.

Numa postagem anterior nós demonstramos que o Princípio Fundamental da Filosofia é o responsável pela narrativa enganosa de que há apenas duas formas antagônicas de explicar o mundo e os fenômenos existentes nele. Segundo esse princípio maniqueísta, se o MATERIALISMO for verdadeiro, impreterivelmente o IDEALISMO será falso. Eis o PFdaF:

Ou a mente, o pensamento, a ideia, o espírito é eterno infinito, e todas as coisas surgiram dele;

Ou é a matéria, a natureza que é eterna, infinita e dela todas as coisas surgiram.

Essa questão está intimamente relacionada com a busca do Ser e toda tentativa de entender o mundo.

O QUE É O SER?

Eis a pergunta mais profunda, sobre a qual giram as principais enganações científicas, filosóficas e até mesmo religiosas do mundo acadêmico. E quando a ciência não tem explicação sobre determinado assunto ela o chama de singularidade. Por razão óbvia é sobre Deus, sobre o Ser e sobre a Mente, onde existem as maiores enganações humanas, ou as chamadas singularidades científicas.

O verdadeiro ser (a Luz) é a substância básica; a pedra fundamental responsável pela composição e manifestações fenomenológicas de tudo o que existe no universo.

ONDE ESTÁ A DIFERENÇA, SE TUDO É FEITO DE LUZ?

Qual a diferença de você, humano, para um sapo, se ele é um sistema de luz e nós humanos também? Todo sistema é composto de subsistemas decrescentes, cujo estuário esbarra nas manifestações subatômicas. Nosso corpo físico é o sistema principal. Nossos órgãos são os subsistemas secundários. Cada órgão é composto de células, depois vem moléculas, átomos, elétrons e demais partículas subatômicas. Até aí não daria para diferenciar e ser humano do sapo. Todos somos um sistema de luz que decresce como subsistemas até ao mundo subatômico.

MATÉRIA – TEMPO – ESPAÇO – MOVIMENTO + (MENTE)

Numa postagem anterior incluímos a (MENTE) como fator importantíssimo no entendimento do (SER). É a mente, e como ela funciona no sapo e no ser humano que vai constituir a enorme diferença entre ambos. A ‘mente’ não é um epifenômeno do cérebro. Ela tem efeito causativo sobre corpo e é entidade viva que determina a criação, manutenção e evolução dos sistemas e subsistemas das individuações de matéria.

CÉREBRO E MENTE (FANTASMA DA CIÊNCIA)

Para a ciência acadêmica a mente não passa de uma criação evolutiva do cérebro. No meu entender, isso não corresponde à realidade. O cérebro é um subsistema do corpo, que começa a se formar aproximadamente 18 dias após a concepção. O cérebro, como subsistema do corpo, está intimamente relacionado à mente do corpo; mais ampla e determinante das funções cerebrais e de todas as funções dos demais subsistemas do corpo.

A ESSÊNCIA DA MENTE

A substância básica do Universo é a Luz. O Universo é mental e cada individuação de matéria é composta dessa substância básica. Toda existência é composta de mais dois atributos implicados no âmbito da luz, formando aquilo que eu chamo de Santíssima Trindade: (Consciência + Informação + Luz). São esses três atributos que formam a essência da Mente. A Luz é o meio que faz circular as informações produzidas pela consciência dentro do campo unificado, das individuações de matéria, do universo ou multiverso, como alguns imaginam.

Em decorrência do exposto acima, podemos entender o SER como unidades de Consciência, Informação e Luz. E toda diferença entre as individuações de matéria existentes, mineral, vegetal, animal irracional ou racional, consiste em como a Consciência, a Informação e a Luz circulam no sistema, exercendo as prerrogativas de configurar e qualificar todo o sistema.

RESUMINDO

A essência de tudo o que existe gira em torno do grau de Consciência, Informação e Luz, que formam as unidades básicas de todas as individuações, sejam materiais ou existentes no plano das ideias.

Até o próximo Post, onde continuaremos com mais explanação sobre este assunto, e outros em decorrência deste.

Um abraço a todos. Ajude-nos a divulgar o Site. Compartilhe, Comente. Se tiver Dúvida: Pergunte!

Manoel Belo.

Deixe um comentário